Arnaldo Albuquerque, o herói dos quadrinhos piauiense

Há duas semanas perdemos um grande artista piauiense. Arnaldo Albuquerque, artista plástico, fotógrafo e cineasta é o nome da contracultura do estado que nunca deve ser esquecido. Seu talento para o desenho o fez pioneiro do quadrinho no estado com traços que contavam um pouco do nosso cotidiano, além de críticas à questões sociais e culturais.

Em 1977, lançou a revista “humor sangrento”. Os desenhos de Arnaldo estampam livros e cartazes em obras premiadas no exterior. Arnaldo Albuquerque é símbolo das boas coisas que o Piauí tem, mas que só ganha notoriedade quando a gente perde. Infelizmente!

1 Comment

  • Responder janeiro 22, 2015

    C4reca

    Lembro dele na casa da vovó sempre com uma pasta do lado com seus desenhos, mas o vicio na bebida acabou com ele

Responder