“É possível fazer cinema de qualidade no Brasil” afirma Aristides Oliveira. E ainda: conheça o esporte das ruas, Longboard

Na próxima sexta, 19 de junho, vamos comemorar o dia do Cinema Nacional. O cinema brasileiro cresceu muito, hoje movimenta cifras milionárias, mas está longe de ser respeitado pelo mundo. Mas as coisas estão mudando e isso é um ótimo sinal. Pra bater um papo com Maia Veloso sobre os rumos do cinema nacional, ela recebe Aristides Oliveira, professor e editor da Revista Acrobata.

(317)

Na plateia, o Longboard. Você conhece? Diz à lenda que o esporte nasceu no Brasil, na “pracinha do skate”, no bairro paulistano do Sumaré. Mas aqui em Teresina tem uma galera que manda muito bem e essa modalidade vem ganhando espaço nas ruas da capital.

(322)

 

Seja o Primeiro a Comentar