Inspiração! Piauí no mapa global da tecnologia à serviço da vida.

CompartilheShare on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Apenas dois brasileiros foram convidados para o Congresso da Associação Americana de Urologia (AUA), o maior encontro de Urologia do mundo, que aconteceu em Boston, de 12 a 14 de maio. evento. Além do piauiense Aurus Dourado, o Dr Rafael Coelho do Hospital Albert Einstein e Instituto do Câncer de São Paulo.

Dr Aurus Dourado deu aula no Latin America Renal Cancer Group – LARCG, que tanto tem feito para gerar novos conhecimentos no tratamento de tumores renais. O objetivo desse evento é revelar as pesquisas na área de tumores renais na América Latina. “Lá definimos novos protocolos e níveis de pesquisa. O LARCG está publicado 4 mil casos de tumores renais na América do Sul e é importante que o perfil biológico e genético de cada caso façam parte do estudo global com dados sobre a incidência de tumores”, diz Dr Aurus.

No AUA, Dr Aurus também foi palestrante na área de Engenharia e Tecnologia aplicadas na Urologia. O congresso reúne os maiores pesquisadores do tema de países, como Alemanha, Itália e França. Do Brasil o único urologista foi Dr. Aurus Dourado.

Entre as novidades do congresso foram apresentados processos de Engenharia de Computação e Biotecnologia que já estão produzindo bioimpressão com impressora 3d, criando tecido renal usando várias partes do corpo, como a orelha. “Isso é fantástico, não é pra fazer só molde, no futuro vamos conseguir produzir órgãos, esse é o caminho”, nos diz.

A repercussão do trabalho do Dr Aurus Dourado foi além do congresso, as cirurgias que ele já realiza utilizando 3d e hologramas atraíram o interesse de um grupo alemão para publicações e parcerias. A empresa norte-americana Intuitive Surgical também o procurou para discutir o desenvolvimento de um software para robô com o objetivo de conseguir fazer cirurgia Picture in Picture, para operar e acompanhar a reconstrução do órgão.

É a partir de congressos internacionais como o AUA, que reúne os melhores pesquisadores do mundo, que passamos a conhecer inovações e atualizações globais nas áreas pesquisadas.

Grupos formam consórcios para estudos multicêntricos que validam e mostram o impacto de planejamentos cirúrgicos no resultado final dos pacientes, é a vida com mais atenção, cuidado e valorizada cientificamente.

Agora em Junho, Dr Aurus ministra duas aulas no Hospital Moacir Camargo. O hospital é referência em São Paulo por ser pioneiro em estudos e tratamentos oncológicos. Depois a rota será a Ucrânia, lá acontece um Congresso de Urologia Europeu voltado para o leste do continente.
Até o final do ano tem ainda eventos internacionais de Urologia em Lisboa e Itália.

O mais importante dessa agenda internacional é o Brasil estar representado por um piauiense que mora, trabalha, opera e tem pacientes no Brasil e está sediado em Teresina. É a partir do nosso país e do Piauí que a tecnologia está sendo aplicada à Medicina e estudada em eventos internacionais que são vitrines globais de novas descobertas da Ciência.

CompartilheShare on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Seja o Primeiro a Comentar