Empreendedorismo Social será um dos modelos de negócio mais fortes no Brasil

Ganhar muito dinheiro já não é sinônimo de sucesso para muita gente. O empreendedorismo social, que não visa somente o lucro, tem crescido entre jovens do Brasil. Cerca de 83% dos chamados millennials, nascidos após 1982, se preocupam em ter um carreira que cause impacto social, segundo pesquisa da consultoria Deloitte.

 Nessa entrevista, Gabriela Reis, fala sobre empreendedorismo social no Brasil. Ao trabalhar profissionalmente com startups e empresas de diferentes portes – de microempreendedores a grandes organizações como FIAT e Natura – Gabriela acumulou conhecimentos ligados à inovação, gestão de marcas e modelagem de negócios. Com perfil empreendedor e enorme interesse pela valorização do talento das pessoas e pelas causas sociais, se sente inspirada pela possibilidade de ajudar a transformar o mundo à sua volta e a vida das pessoas, além de se sentir responsável por contribuir com a evolução da sociedade. Assim, idealizou e realiza projetos ligados a inovação e desenho de negócios, atua como intraempreendedora nas organizações com as quais trabalha, além de dar aulas e ministrar cursos e palestras, sempre com o objetivo de promover evoluções e impacto positivo em todos os tipos de projetos dos quais participa. Assista entrevista na íntegra!

Seja o Primeiro a Comentar