Maioria das empresas não conseguem se adaptar à Lei de Proteção de Dados | Falando Nisso

A rede de lojas Renner sofreu “um ataque cibernético criminoso”, disse hoje em comunicado a empresa, após pane na operação do site e aplicativo da empresa e de suas marcas, como Camicado e Ashua. O ataque “resultou em indisponibilidade em parte de seus sistemas e operação”, e trouxe à tona  preocupação sobre a proteção de dados dos clientes.

Uma pesquisa realizada pela RD Station, empresa de tecnologia e marketing digital, mostrou que as empresas não estão conseguindo se adequar às novas exigências relacionadas à Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD) .O levantamento apontou que 93% das quase mil empresas que participaram do estudo dizem conhecer ou pelo menos já ter ouvido falar da LGPD, mas apenas 15% se mostram prontas ou na reta final de preparação, mesmo a lei já prevendo sanções desde o dia 1º de agosto. Quem fala melhor sobre este assunto nesta entrevista é Alexandre Magalhães, especialista em LGPD.

Seja o Primeiro a Comentar