O uso dos metilfenidatos no tratamento do TDAH na visão do neurologista Marx Barros. E mais: Galpão do Dirceu prepara programação especial para fim de ano

Em Teresina a Lei Antifuma está em vigor desde 2010 quando foi sancionado a lei municipal 4.034 de autoria da vereadora petista Rosário Bezerra. Pelo texto, a medida Proíbe o consumo de cigarros, cigarrilhas, charutos, cachimbos ou qualquer outro produto derivado ou não do tabaco.

_MG_3932

A gente sabe que ser mãe e pai, nos dias de hoje, não é nada fácil, aliás, nunca foi! Mas com o passar do tempo e aumento da pesquisa, alguns problemas que ocorriam com nossas crianças e que pensávamos ser preguiça, desatenção ou até mesmo birra, foram desvendados como doenças sérias como o TDAH, o Transtorno do Déficit de Atenção com Hiperatividade.
Na medicina, um medicamento pode ser a chave para dias mais “tranquilos”: os metilfenidatos conhecidos no mercado como ritalina ou concerta, para os mais íntimos. A droga é consumida por crianças e adolescentes desatentos, agitados e com dificuldades escolares. Apelidado de a “droga da obediência”, por acalmar e focar a atenção, a gente quer saber é se isso resolve o problema. Para isso, Maia Veloso recebe o médico neurologista Marx Barros.

_MG_3942

Na plateia, os projetos do Galpão do Dirceu, conhecido por ser um dos poucos lugares da cidade aberto para criação em espetáculos de dança e artes visuais, mantido sem verba de incentivo de políticas públicas. No mês de dezembro vem com uma programação especial para encerrar o ano desse que é um dos importantes Centros de Arte e Cultura de Teresina.

 

2 Comments

  • Responder dezembro 8, 2014

    Joacir

    Bom dia, gostaria de saber o contato ou consultório que o Dr. Marx Barros atende, gostei muito da entrevista e como suspeito de ser portador de TDA penso em fazer uma consulta.
    Grato!

    • Responder dezembro 8, 2014

      admin

      Joacir, ele atende no Instituto de Neurologia próximo ao antigo hospital aliança casa mater…

Responder