“Padrões de consumo exagerado foram estabelecidos aos padrões brasileiros de consumo em harmonia com o meio ambiente, a saúde humana e com a sociedade”, diz Denis Barros, doutor em psicologia social.

Quinta é dia de entrevista nacional! Nossa população cresceu – somos mais de 200 milhões de brasileiros – e nosso poder aquisitivo aumenta gradativamente. Este momento singular na história do Brasil tem reflexo no aumento do consumo: carros, imóveis, celulares, TVS, etc. não há razão para impedir que esta demanda reprimida de consumo seja refreada, pois o consumo fortalece nossa economia.

No entanto, é a oportunidade histórica de abandonar os padrões de consumo exagerado copiados de países ditos de “primeiro mundo” e estabelecer padrões brasileiros de consumo em harmonia com o meio ambiente, a saúde humana e com a sociedade. Para falar sobre esse assunto, Maia Veloso recebe o professor doutor em psicologia social, Denis Barros.

 

Seja o Primeiro a Comentar